Trabalho Infantil e Abordagem Social são temas de capacitação

WebMaster 5 de junho de 2017

A ação acontece no dia 20 de junho no Auditório da Regional Maracanã; e visa capacitar os servidores municipais em relação à abordagem e reconhecimento de possíveis ocorrências de trabalho infantil no município

A Prefeitura de Colombo por meio da Secretaria de Assistência Social promove em parceria com o Programa de Erradicação do Trabalho Infantil –PETI, a palestra “Qualificação dos colaboradores sobre Trabalho Infantil e Abordagem Social”, no dia 20 de junho, das 8h30 às 12h, no Auditório da Regional Maracanã.

A ação visa capacitar os servidores municipais em relação à abordagem e reconhecimento de possíveis ocorrências no município. Segundo os dados da Secretaria de Assistência Social, em Colombo, foram identificados  1800 casos de crianças e adolescentes em situação de trabalho infantil.

“Nossa intenção é capacitar os profissionais do serviço social e da saúde para buscarem esses casos, além de orientá-los sobre como agirem com este público”, disse a Secretária da pasta, Maria da Silva Souza. Entre as causas do trabalho infantil estão: a necessidade econômica de manutenção da família e a cultural dos mitos sobre trabalho infantil.

Durante a programação será realizado um conjunto de ações articuladas para o enfrentamento do trabalho infantil e exploração sexual de crianças e adolescentes, em situação de rua. E, uma dessas ações estratégicas de erradicação destes casos é a realização de palestras ministradas pela Técnica do CAOP (Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça de Proteção à Saúde Pública), Angela Christianne Lunedo de Mendonça – e pela Técnica na Fundação De Ação Social, Elaine Aparecida Batista.

O serviço deve buscar a resolução de necessidades imediatas e promover a inserção na rede de serviços socioassistenciais e das demais políticas públicas na perspectiva da garantia dos direitos.

Sobre

O PETI é um programa de âmbito nacional que articula um conjunto de ações visando proteger e retirar crianças e adolescentes, com idade inferior a 16 anos da prática do trabalho precoce, exceto na condição de aprendiz a partir de 14 anos, em conformidade com o que estabelece a Lei de Aprendizagem 10.097/2000. O programa compreende a necessidade de transferência de renda prioritariamente por meio do Cadúnico.

Mais informações 3675-5939 ou pelo e-mail:peti@colombo.pr.gov.br.

Mais informações sobre o trabalho da prefeitura em:
FACEBOOK: facebook.com/pmdecolombo