Dia D da mobilização contra a gripe será neste sábado em Colombo

WebMaster 19 de abril de 2013

A secretaria da Saúde espera imunizar contra a Influenza mais de 20 mil pessoas, neste dia

No sábado, o Dia D vai acontecer em todas as 21 Unidades de Saúde de Colombo, das 8h às 17h

Mais de 20 mil pessoas devem receber a imunização contra a Influenza neste sábado (20), em Colombo, quando acontece o Dia D, de mobilização nacional para vacinação. “Quem lembra da vacina se protege da gripe” é o lema da Campanha, que começou no dia 15 deste mês.

O Dia D acontece nas 21 Unidades de Saúde que estarão abertas das 8h até às 17h de sábado, sem intervalo. A Campanha continua até o dia 26 de abril e, ao todo, mais de 32 mil pessoas devem ser imunizadas na cidade.

Até agora, em cinco dias de campanha, mais de 9 mil pessoas já receberam a dose da vacina, que neste ano, protege contra os três tipos de vírus que mais circularam no inverno, Influenza H1N1, H3N2 e Influenza B. A prefeita Beti Pavin acompanhou o lançamento da campanha no Centro de Convivência Girassol e, para ela, a vacinação é uma forma de respeito, principalmente para com os idosos.

A meta é evitar a propagação do vírus da influenza, especialmente entre os grupos prioritários, que compreendem crianças de seis meses a dois anos de idade; gestantes, independente da idade gestacional (meses de gravidez); mulheres no período puerpério, até 45 dias após o parto; pessoas com 60 anos de idade ou mais.

Também trabalhadores da saúde que atuam nos serviços de referência para Influenza; população privada de liberdade (população prisional); e, neste ano, estendida também a pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições que possam favorecer o surgimento de casos graves de gripe influenza.

Influenza

Durante a mobilização a Secretaria da Saúde espera imunizar contra a gripe mais de 20 mil pessoas

A Influenza é uma infecção viral aguda que afeta o sistema respiratório. É de elevada transmissibilidade e distribuição global, com tendência a se disseminar facilmente em epidemias sazonais. A transmissão ocorre por meio de secreções das vias respiratórias da pessoa contaminada ao falar, tossir, espirrar ou pelas mãos, que após contato com superfícies recém contaminadas por secreções respiratórias podem levar o agente infeccioso direto à boca, aos olhos e ao nariz.

Os sintomas, muitas vezes, são semelhantes aos do resfriado, que se caracterizam pelo comprometimento das vias aéreas superiores, com congestão nasal, tosse, rouquidão, febre variável, mal estar, mialgia e cefaléia. A maioria das pessoas infectadas se recupera dentro de uma a duas semanas sem a necessidade de tratamento médico. No entanto, nas crianças muito pequenas, idosos e portadores de quadros clínicos especiais, a infecção pode levar à formas clinicamente graves, pneumonia e morte.

Confira os endereços e contatos das 21 Unidades de Saúde que farão a vacinação:

Unidade de Saúde/ Endereço Fone
Alexandre Nadolny R: Brasílio Pereira, 18 3663-4397
Alto Maracanã R: Abel Scussiato, 88 3606-0024
Atuba R: Ludovico Klindinger, 150 3675-9563
Bacaetava R: Estradas das Grutas, 39 3656-5333
Caic R: Antonio Frc Scrok, 39 3562-7743
Capivari R: José Carrão, S/Nº 3656-5175
Guaraituba R: Genésio Moreschi, 257 3666-1372
J.D. Cristina R: Cornélio Procópio, 411 3666-4103
J.D. das Graças R: Angelo F. Dalprá, 457 3606-4103
J.D. Paraná R: Florindo Berlezi,33 3675-6359
J.D. Osasco R: Zacarias M. Meira, 505 3606-2477
Liberdade R: Felicio Falavinha,18 3562-1766
Mauá R: Fortunato Taverna,100 3675-8308
Monte Castelo R: Orquídeas, 724 3666-9413
N.S. Fátima R: São Frcº Xavier, 02 3606-1507
Quitandinha R: José Mª S.Paranhos, 78 3663-3041
Santa Teresa R: Colibri, 31 3656-6715
São Dimas R: Presidente Farias, 43 3666-8388
São Domingos R: Ludovico Kachel, 147 3621-1455
São José R: Atalaia, 1195 3666-4788
Sede R: José Leal Fontoura, 407 3656-6364