Colombo recebe recursos para ajudar a custear ambulâncias do SAMU

WebMaster 8 de agosto de 2017

Serviço móvel do município receberá o aporte do governo federal no valor anual de R$ 315 mil

Prefeita Beti Pavin participa em Curitiba, com o prefeito Rafael Greca e demais autoridades, do repasse de recursos para o Samu Metropolitano

Prefeita Beti Pavin participa em Curitiba, com o prefeito Rafael Greca e demais autoridades, do repasse de recursos para o Samu Metropolitano

Com o ministro da Saúde, Ricardo Barros e o assessor do deputado estadual, Luiz Claudio Romanelli, Ronald Oliveira a prefeita agradece o subsídio

Com o ministro da Saúde, Ricardo Barros e o assessor do deputado estadual, Luiz Claudio Romanelli, Ronald Oliveira a prefeita agradece o subsídio

A Prefeita Beti Pavin participou na sexta-feira, 04, durante cerimônia na Prefeitura Municipal de Curitiba com a presença do ministro da Saúde, Ricardo Barros, do anúncio de repasse de recursos para subsidiar o custeio de duas ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) no município. “Só temos a agradecer este aporte de recursos do ministério da saúde para nos ajudar a manter este serviço tão importante para nossa população que está em funcionamento desde novembro passado”, destacou a Prefeita.

Segundo o Ministro Ricardo Barros, “o nosso objetivo é melhorar, ampliar e qualificar o acesso aos serviços de saúde e é isso que estamos fazendo em todo o País. Hoje, o SAMU da região de Curitiba está sendo reforçado, habilitando ambulâncias a receberem recursos do Governo Federal. Com o apoio dos gestores locais, estamos conseguindo avançar com um diálogo bem aberto e transparente, ampliando os serviços da saúde pública e beneficiando, principalmente, a população”, destacou.

A ampliação dos recursos para o SAMU será para habilitar cinco veículos que já existem e estão em funcionamento nos municípios de Colombo (2), Pinhais (2) e Piraquara (1), mas ainda não recebiam recursos da contrapartida federal, eram custeadas exclusivamente por seus municípios. As ambulâncias estão vinculadas à Central Metropolitana de Regulação das Urgências de Curitiba. Para Colombo, o montante anual para as duas ambulâncias soma R$ 315 mil.

Socorro Rápido

O objetivo do SAMU, que funciona 24h por dia, é socorrer rapidamente pacientes com necessidade de serem levados a unidades que prestam serviços de urgência e emergência, como UPAs e hospitais, para atendimentos clínicos, cirúrgicos, obstétricos, entre outros, evitando sofrimento, sequelas ou até mesmo a morte da pessoa.

O acionamento do SAMU se dá pela ligação gratuita à Central de Regulação de Urgências, por meio do número 192. A partir do primeiro atendimento, as equipes formadas por médicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem e condutores socorristas, são destacadas para prestar o atendimento no tempo mais curto possível. Também está entre as prerrogativas do SAMU o atendimento telefônico de pessoas para orientações até a chegada da equipe.


NOVOS RECURSOS PARA O SAMU DE COLOMBO

MUNICÍPIO QUANTIDADE VALOR
Colombo 01 Unidade de Suporte Básico R$ 157.500,00
Colombo 01 Unidade de Suporte Básico R$ 157.500,00
TOTAL R$ 315.000,00


Mais informações sobre o trabalho da prefeitura em:
FACEBOOK: facebook.com/pmdecolombo
Foto: João Senechal/PMC