Colombo recebe mais de R$ 3 milhões extras em ICMS

WebMaster 18 de janeiro de 2017

Recursos serão investidos em pavimentação asfáltica; repasse foi feito pelo Governo do Estado

Prefeita Beti Pavin participa de solenidade no Palácio Iguaçu para receber recursos da cota extra de ICMS

Prefeita Beti Pavin participa de solenidade no Palácio Iguaçu para receber recursos da cota extra de ICMS

Governador Beto Richa entrega aos prefeitos dos 399 municípios do Estado o cheque referente ao imposto pago por empresas do Paraná

Governador Beto Richa entrega aos prefeitos dos 399 municípios do Estado o cheque referente ao imposto pago por empresas do Paraná

A prefeita Beti Pavin recebeu nesta segunda-feira, 16, do Governo do Paraná, R$ 3.432.994,36, referente a uma cota extra do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). O montante refere-se ao valor do imposto cujo pagamento foi postergado por empresas que investiram no Estado nos últimos anos. São companhias que aderiram a programa de incentivos para atração de investimentos e que, como benefício, passariam a pagar o imposto devido a partir de 1º janeiro de 2018.

Em Colombo, de acordo com a prefeita, este valor já tem destino certo. “Só temos a agradecer e comemorar a vinda destes recursos que serão de extrema importância neste momento de crise econômica que o País atravessa. E estes valores chegam numa hora importante onde vamos investir em pavimentação para deixar o ir e vir da nossa gente ainda mais confortável e com segurança”, informou Beti Pavin durante a solenidade realizada no Palácio Iguaçu.

Nesta mesma ocasião, o governador Beto Richa repassou um total de R$ 429,8 milhões aos 399 municípios do Paraná. “O nosso apoio aos municípios tem sido sistemático, graças ao bom planejamento, à organização das contas. Esses recursos vão auxiliar os municípios em um momento de crise, com manutenção dos empregos, de obras e de serviços. Tivemos o tempo de semear, plantar e agora estamos no tempo da colheita. Deixei minha popularidade de lado para fazer o ajuste fiscal e agora o Brasil inteiro reconhece o trabalho que tem sido feito aqui”, disse.

O governador lembrou que, somados, os R$ 430 milhões da cota extra, os repasses semanais de ICMS e mais as transferências do IPVA vão possibilitar que os municípios recebam até o fim de janeiro R$ 1,68 bilhão em transferências.

De acordo com o secretário de Estado da Fazenda, Mauro Ricardo Costa, as empresas que possuem incentivo fiscal no estado foram consultadas, em setembro do ano passado, para saber se tinham interesse em trazer os impostos devidos a valor presente e efetuar o pagamento.

Mais informações sobre o trabalho da prefeitura em:
FACEBOOK: facebook.com/pmdecolombo

Foto: Marcio Fausto/PMC